Quais são as carnes nobres bovinas? Descubra agora!

As carnes nobres bovinas são um deleite para fãs de preparos saborosos e sempre suculentos. Com características únicas e paladar especial, os cortes nobres garantem sempre uma comida mais requintada, mesmo nos preparos mais tradicionais. Ou seja, são sinônimos de qualidade do começo ao fim da refeição.

Carnes nobres bovinas TBone

Os cortes nobres bovinos são peças extraídas de partes do boi que concentram qualidades únicas, como marmoreio, capa de gordura, maciez e sabor. Essas características conferem uma experiência sem igual a cada pedacinho fatiado.

E você, já conhece as carnes nobres bovinas e sabe quais são as melhoras formas de prepara-las? Descubra neste artigo diversos cortes nobres e garanta refeições sofisticadas em família!

Conheça as carnes nobres bovinas que farão suas refeições ainda melhores.

Você vai descobrir novos cortes bovinos e redescobrir peças que já conhecia, mas talvez não sabia que eram tão nobres como são de verdade.

PicanhaCarnes nobres bovinas, picanha

 

A rainha das carnes e talvez a mais conhecida pelos brasileiros, a picanha é sinônimo de uma peça de alta qualidade à mesa. O corte fica localizada na parte traseira do boi, o que confere uma maciez típica de carnes da região do animal.

A picanha se destaca de diversos cortes nobres por ter uma farta capa de gordura, que faz com que a lubrificação da peça durante o preparo, seja constante. Dessa forma, a carne fica sempre macia e suculenta, mesmo passando do ponto para mais. Ainda, o sabor concentrado que a gordura atribui na região do animal, deixa o corte perfeito.

Essa carne nobre pode ser feita de diversos modos, mas na churrasqueira, na grelha ou assada, se destacam pela preservação da qualidade sem igual da peça.

T-Bone

Carnes nobres bovinas T-Bone (1)

O T-Bone reúne o que há de melhor em dois cortes nobres do bovino: o filé mignon, e o contrafilé. Ambos separados por um osso que fica em formato de T com o corte, por isso o nome desta peça, extraída da parte central do lombo do boi.

De um lado do osso em T, o filé mignon concentra menos gordura, mas sempre é muito macio; do outro, o contrafilé reserva muita gordura entremeada e suculência. Ainda, o osso deixa com que a carne ganhe ainda mais paladar, por causa do tutano.

Para fazer o T-Bone, basta jogar aquela pitada de sal grosso e mandá-lo na grelha, sempre grelhando todos os seus lados, de forma a selar a carne. É suculência e alto sabor em uma grande peça que serve até quatro pessoas, de tanta carne.

Maminha

Carnes nobres bovinas maminha

A maminha é uma peça extraída próxima da ponta da agulha da alcatra, o que confere um alto grau de maciez e gordura entremeada. A peça também se destaca por não ter muitas fibras, o que auxilia ainda mais que o corte fique macio em diversos preparos.

Esta é mais um das carnes nobres bovinas que tem o sabor equilibrado e pouca capa de gordura, mas ainda assim é perfeita para se preparar na semana e em festas. Não há segredos no preparo deste corte nobre — você pode utilizar apenas sal grosso e fazer na grelha ou um preparo assado com temperos acentuados.

Para quem prefere carnes nobres bovinas com um sabor mais suave, a maminha é perfeita. Ainda, para garantir a maciez da peça, deixe-a ao ponto.

Prime Rib

Carnes nobres bovinas Prime Rib (1)

O Prime já denota que esta é uma das carnes nobres bovinas, o Rib indica que a peça é da costela. O Prime Rib é uma peça de altíssima qualidade extraída da caixa torácica do boi, concentrando muito marmoreio e farta carne.

Este corte tem sabor bastante acentuado, por isso, não é necessário incrementá-lo com vários temperos. Se você gosta de um preparo mais rústico, pode fazê-lo apenas com sal grosso e ervas, como alecrim e tomilho.

A peça tem cozimento lento e deve se feita na grelha, afastada do fogo, sempre começando pelo lado dos ossos. Depois, é só virar o Prime Rib e assá-lo pelo lado da carne.

Porterhouse

Carnes nobres bovinas Porterhouse (1)

O Porterhouse é um corte nobre muito similar ao T-Bone, tanto pelo seu formato quanto pelas carnes nobres bovinas que os compõem. Nesta versão, a carne é dividida também por um osso em T, porém, além de reunir o filé mignon e o contrafilé, também abrange a suculenta e macia alcatra.

Isso faz com quem a peça seja bastante farta em gordura entremeada, capa de gordura, e tenha muita maciez, Essa é uma excelente opção para aqueles preparos em família, em que cada um prefere um tipo de carne com uma característica diferente, assim, você pode servir os três cortes nobres e atender a cada paladar.

O método de preparo do Porterhouse deve ser de preferência na churrasqueira ou grelha do fogão. Sempre assando todos os lados e selando a carne previamente, com sal grosso e, se você gostar, pimenta-do-reino.

A escolha de carnes nobres bovinas para as refeições em família e em festas em casa traz ainda mais requinte ao momento. Para acompanhá-las, nada melhor do que boas cervejas artesanais ou mesmo vinhos. Sem falar na tradição de um arroz branco e da farofa temperada, que sempre combinam com os cortes.

Descura neste artigo, como cortar carne corretamente e garanta ainda mais maciez aos cortes!