Feijoada brasileira: qual sua real história e como preparar?

Feijão preto, linguiça, carne seca, rabo e orelha de porco. Essa combinação não poderia lembrar outro prato se não a feijoada brasileira. O que essa receita tem de saborosa, ela tem de curiosa; e sua história é muito diferente do que a cultura popular conta.

Muito além de um prato tradicional da culinária brasileira, a feijoada revela períodos e momentos históricos nacionais e mundiais. Com isso, a “feijuca”, como é popularmente chamada, se consagra como uma experiência gastronômica multicultural.

Quer saber mais sobre as origens desse prato e aproveitar para pegar uma receita fácil de como preparar a verdadeira feijoada brasileira? Confira a seguir!

feijoada-brasileira-como-preparar

Conheça a verdadeira origem da feijoada brasileira

Muitos brasileiros repetem uma história pelo país afora, de que a feijoada brasileira é criação dos escravos, na época do Brasil Colônia. O enredo afirma que esse prato é fruto de uma mistura de carnes desprezadas pelos senhores da casa grande, sendo cozidas com o feijão preto e temperos.
Essa história não é verdadeira!

O que a fala popular repete muitas vezes não representa necessariamente a verdade por trás de algo. Então, você deve estar se perguntando qual a verdadeira história sobre como esse prato surgiu, certo? Nós te contamos!

De acordo com historiadores, a feijoada deriva de pratos milenares, da região do Mar Mediterrâneo. A mistura inicial, segundo os pesquisadores, era um grande cozido com legumes, carnes e outros ingredientes. Países como Espanha, Itália, França e Portugal, banhados pelo Mediterrâneo, já faziam combinados desse tipo há séculos.

A feijoada brasileira surge exatamente por conta do país colonizador do Brasil: Portugal. Com a chegada dos portugueses em terras brasileiras, seus hábitos e preferências culinárias foram introduzidos no país.

Tempos depois, outros imigrantes, como os italianos, espanhóis e franceses, contribuíram para que a “feijuca” ficasse de vez no cardápio Brasil.

Em Portugal, o prato era composto de feijão branco, legumes e carnes típicas do país. Na Itália, esse prato é o bollito, feito com carnes de vaca, vitela e galinha. Já na França, é o cassoulet, um combinado de feijão branco com linguiça calabresa, legumes e toucinho.

Saiba como a feijoada ganhou sabores do Brasil

feijoada-brasileira-como-preparar

Todas as influências europeias deram a base da feijoada que aqui ganhou toques brasileiros. O feijão preto, tipicamente da América do Sul, junto com a linguiça e a carne de porco, foram incorporados ao preparo.

Para completar a história, os primeiros registros da feijoada brasileira, exatamente como é conhecida hoje, datam de 1833, em um hotel de Recife. Segundo o doutor em história Rodrigo Elias, o local era frequentado pela elite urbana, que ia degustar a iguaria anunciada como “feijoada à brasileira às quintas-feiras”.

Além disso, mais ingredientes foram agregados à receita como acompanhamento: arroz branco, couve refogada, banana da terra à milanesa, torresmo e farinha de mandioca. Todo esse mix de ingredientes confere o que há de mais tradicional na cozinha brasileira.

Qual o melhor momento para servir esse prato?

O preparo, que é paixão nacional, é considerado “pesado” por causa do feijão preto e de todos os ingredientes de sabor acentuado, ricos em gordura.

Por conta desses aspectos, a feijoada brasileira vai bem no inverno e quando o clima está ameno. A digestão lenta desse alimento causa aquela típica “moleza no corpo” e sonolência. No calor, esses sintomas ficam ainda mais intensos, devido às temperaturas mais altas.

Por isso, essa receita é melhor apreciada em almoços, já que até chegar à noite, o organismo tem tempo de digerir todo o alimento.

Então, se você pensa em reunir a família para saborear uma feijoada, escolha épocas mais frias e faça esse almoço caprichado!

Veja como preparar a feijoada

feijoada-brasileira-como-preparar

Saiba agora como preparar esse delicioso prato que conquistou multidões no Brasil e no mundo.
Essa receita rende até oito pratos bem servidos. Então, para evitar o desperdício e compartilhar sua nova habilidade culinária, chame sua família ou amigos para se deliciarem com a sua feijoada brasileira!

Ingredientes

  • 1 maço de cebolinha verde;
  • pimenta-do-reino a gosto;
  • 1 ou 2 orelhas de porco;
  • 2 linguiças calabresa;
  • 200g de carne seca;
  • 1kg de feijão preto;
  • 1 linguiça de paio;
  • 3 folhas de louro;
  • 6 dentes de alho;
  • 1 rabo de porco;
  • 1 ou 2 laranjas;
  • 1 pé de porco;
  • sal a gosto;
  • 2 cebolas.

Modo de preparo

O preparo da feijoada começa dias antes de colocar os ingredientes para cozinhar na panela. Mas não se assuste: você não ficará dias cozinhando até chegar no prato final.
30 horas antes do dia de preparo, coloque todas as carnes de molho na água gelada e troque o líquido a cada quatro horas.

Depois disso, no dia do cozimento, coloque as carnes numa panela de pressão grande, com água, e deixe cozinhar por 30 minutos. Depois que as carnes estiverem macias, despeje o feijão lavado e cozinhe tudo por mais meia hora. Após esse tempo, desligue o fogo.

Enquanto a pressão sai da panela, pegue uma frigideira, coloque um pouco de azeite e frite a cebola e o alho. Assim que eles dourarem um pouco, misture-os na panela com o feijão e as carnes. Em seguida, acrescente as folhas de louro, a pimenta, a cebolinha picada e um pouco de sal.

Como as carnes já têm sal, modere a quantidade de sal usado para não salgar a sua feijoada brasileira. Para finalizar, fatie as laranjas como acompanhamento do prato — a fruta quebra a forte acidez da feijoada e ajuda na digestão, que é lenta para esse tipo de comida.

Para acompanhar a feijoada, faça os clássicos: arroz branco, couve refogada e torresmo. Para dar uma liga à feijoada, use a farinha de mandioca fina, mas você também poderá usar farofa temperada, que combina igualmente muito bem.

Agora você sabe que a verdadeira história da feijoada brasileira remete a uma mistura de influências que resultou nesse prato expressivo da cultura popular. Quer aprender outra receita deliciosa com carne de porco? Veja como preparar uma costelinha de porco com barbecue igual à de restaurante!