Receita de pernil a pururuca

Um pernil a pururuca é tudo de bom, não é? A carne macia, a pele bem crocante e o sabor sem igual fazem da receita de pernil a pururuca uma das mais queridas nas mesas brasileiras.

Mas acertar na receita de pernil a pururuca pode ser um pouco complicado, principalmente se você não está acostumado a fazê-la.

Neste post nós do Açougue do Nilo vamos compartilhar a nossa receita de pernil a pururuca, e também trazemos algumas dicas interessantes para te ajudar a ter um sabor inigualável.

Vamos lá?

 

Segredos da receita de pernil a pururuca

Acertar na receita de pernil a pururuca tem tudo a ver com a sua paciência e o preparo antes de sequer acender o fogo.

 

receita de pernil a pururuca

 

E quando a gente fala em antes de acender o fogo, pode acreditar: para ter um sabor incrível na sua receita de pernil a pururuca, a boa fixação do tempero é fundamental.

Por isso, o nosso segredo é deixar o pernil marinando por 12 horas antes de colocá-lo para assar. Para temperar a receita de pernil a pururuca, use:

  • Uma colher bem cheia de sal;
  • Duas cabeça de alho;
  • Uma cebola;
  • Três limões;
  • Alecrim a gosto;
  • Pimenta do reino a gosto;
  • Pimenta dedo de moça à gosto.

O interessante do alecrim é que ele como tempero funciona muito bem com a receita de pernil a pururuca, mas seu segredo está em uma característica toda especial: por ser um digestivo natural, ele evita a azia e problemas no estômago logo após de comer, assim como aquela sensação de estufamento.

 

Combina com o que?

A carne de porco cai bem com toques ácidos e também com elementos mais adocicados.

O limão, então, precisa estar presente. Muita gente também gosta de usar a laranja para temperar, o que confere um sabor todo especial para a receita de pernil a pururuca e traz uma cor bem bonita para o prato.

Coma junto com um vinagrete bem temperado, arroz branco e feijão tropeiro ou tutu de feijão, para dar aquele toque mineiro ao pernil. Harmonize com uma boa mostarda ou, se gostar de sabores mais interessantes, mostarda e mel.

 

receita de pernil a pururuca 2

 

Prefira um bom tinto alentejano, passado em madeira, para harmonizar com o sabor do pernil a pururuca. Um tinto reserva também é uma ótima pedida, assim como outros tintos da península ibérica.

Se vinhos não são muito a sua cara, invista em uma boa IPA para acompanhar o gosto robusto do pernil!

 

Receita de pernil a pururuca

Os ingredientes do tempero você já viu ali em cima, não é? Para o próprio pernil, você irá precisar de:

  • Uma peça de pernil com osso e pele;
  • Uma cebola cortada em rodelas;
  • Batatas cortadas em discos mais grossos;
  • Uma xícara de azeite.

Normalmente, o pernil inteiro com osso pesa entre 5 kg e 7 kg. A sua qualidade dá um grande diferencial no sabor, já que questões como o tratamento do porco, a armazenagem da carne e a quanto tempo ele está para a venda influenciam muito no gosto da carne.

Por isso, procure açougues respeitados e com tradição para comprar, como o Açougue do Nilo, ok?

Continuando, lave o pernil de porco com água e vinagre, esfregando bem para sair todo o sangue e outras impurezas. Depois, faça alguns furos na peça e coloque por dentro sal e a pimenta dedo de moça.

Bata todos os ingredientes para o tempero no liquidificador e coloque junto ao pernil em um saco plástico. Você também pode um pouquinho de vinho branco para dar mais sabor e ajudar no nível do líquido, mas cuidado: o melhor é não misturar muito vinho com limão.

Deixe a mistura marinando por dois horas. Isso irá trazer ainda mais maciez para a receita de pernil a pururuca, e dar um gosto todo especial à carne.

 

Hora de assar

Chegou a hora de assar. Unte a travessa com o azeite e coloque as batatas formando uma “cama” para o pernil, tanto no fundo quanto nas laterais. Isso evita que o pernil entre em contato com a assadeira e grude.

 

receita de pernil a pururuca 3

 

Coloque o pernil com a pele para cima e a cebola em rodelas ao redor. Passe azeite sobre a pele do pernil e cubra com um papel alumínio.

Leve para assar em forno pré aquecido por duas horas em fogo alto, depois retire o papel alumínio para que ele possa dourar um pouco.

Com tudo isso feito, pode chamar a família que o jantar está pronto!

 

Gostou dessa receita? Então fique de olho nas nossas redes sociais para saber quais são as próximas, ok? No Facebook e no Instagram sempre mostramos algumas curiosidades sobre alguns cortes e falamos qual vai ser a próxima. Venha nos seguir!