Receita: Estrogonofe de Carne de Coxão Mole

estrogonofe de carne; coxão mole: estrogonofe acompanhado de arroz com cebolinha e vinho branco

O estrogonofe de carne bovina é uma receita que junta praticidade e requinte. Esse prato veio do outro lado do mundo para conquistar o gosto do brasileiros, mas sofreu várias mudanças no processo até se tornar um prato prático e que pode ser feito em pouco tempo para uma refeição de domingo.

Existem várias versões do estrogonofe, desde o tradicional russo até a simples receita que usa o ketchup no lugar do molho de tomate. Quer aprender a fazer um estrogonofe de coxão mole maravilhoso?

Então vem com a gente!

A família Straganov e a origem do prato

O estrogonofe recebeu seu nome em homenagem a um dos Straganov, uma família de nobres russos. Apesar de não se saber exatamente qual dos lordes foi o homenageado, sabe-se que a ideia do prato foi de um cozinheiro francês.

A Rússia tinha uma tradição de consumir carnes com caldos. Ao incorporar o hábito de grelhar a carne com a umidade dos molhos russos, o chefe de cozinha da família Straganov criou um prato que conquistou o paladar dos nobres.

Quando a família Straganov fugiu da Rússia durante a Revolução Comunista, levaram a ideia do seu tradicional prato para a França e para a Alemanha, onde ele foi complementado com alguns novos ingredientes.

A popularidade do prato na Europa serviu de trampolim para o estrogonofe de carne bovina ganhar o mundo.

A receita de Estrogonofe de Coxão Mole

Para fazer o prato, você vai precisar de:

  • 1 kg de coxão mole cortado em tiras;
  • 1 cabeça de alho;
  • 2 cebolas médias;
  • 1 lata de extrato de tomate;
  • 1 caixinha de creme de leite;
  • 2 colheres (sopa) de mostarda;
  • Azeite;
  • Sal;
  • Orégano.

Comece picando o alho e a cebola. Depois, é hora de refogar os dois em uma panela com um pouco de azeite. Enquanto a mistura doura, tempere o coxão mole picado com sal.

estrogonofe de carne; coxão mole: estrogonofe acompanhado de arroz e batata frita

Quando o refogado estiver no ponto, junte a carne e frite bem. Espere toda a água que vai sair da carne evaporar antes de misturar qualquer outro ingrediente.

Quando a carne estiver seca na panela, junte o extrato de tomate, a mostarda e mais um pouco do azeite. Frite um pouco a mistura para dar gosto ao extrato. Antes que o molho comece a grudar na panela, acrescente um copo de água e misture bem.

Quando a água começar a ferver, fique de olho para acertar o ponto do molho. Misture o orégano e desligue o fogo. Com a panela ainda quente, misture o creme de leite até que tudo fique com a cor clara do molho rosé. Pronto, seu estrogonofe de carne pode ser servido!

Para complementar seu estrogonofe de carne

O estrogonofe de carne é servido, no Brasil, acompanhado de arroz e batata frita.

A batata frita, no caso, pode ser a palha, comprada pronta, ou a palito, frita em casa.

Entretanto, você sempre pode variar nesses complementos e surpreender. Uma opção mais clássica e fácil é o purê de batata.

Se o estrogonofe de carne é parte de um jantar romântico e você quiser impressionar com um toque de classe, uma ótima opção é servi-lo com batatas sauté.

Antes de servir o estrogonofe de carne com arroz e batata, você pode apresentar uma salada fresca de alface e tomate-cereja. O tomate cereja, aliás, é uma opção de acompanhamento para o próprio prato principal muito usado na Europa.

Enriquecendo o estrogonofe

Sentiu falta de algo na nossa receita de estrogonofe de carne? Muitas receitas costumam incluir o champignon como um complemento. A textura dos cogumelos combina muito com o molho rosé.

Se quiser incluir legumes, pode fritá-los junto com a carne, mas colocando já quando essa estiver soltando água. Dessa forma, os sabores se misturam e complementam.

estrogonofe de carne; coxão mole: estrogonofe com champignon, arroz e batata frita

Se você gosta de cogumelos shimeji, pode refogá-los em separado, temperar com um pouco de molho shoyu e acrescentar ao molho antes de misturar o creme de leite. Nesse caso, cuidado para não deixar salgado demais.

Você também pode querer evitar os cogumelos. Uma alternativa é usar palmito picado. Ele pode ser colocado junto do molho pois não precisa fritar e serve apenas para acrescentar textura.

Em algumas receitas, as fatias de coxão mole são cobertas de farinha de trigo antes de levadas para fritar. O resultado é um molho mais grosso e fatias de carne mais suculentas.

Uma das dicas do Nilo para um estrogonofe de carne excelente é substituir o azeite por manteiga na hora de fritar a carne. Por ser uma gordura de origem animal, ela complementa o sabor do coxão mole e ressalta os pontos fortes do prato.

E aí, gostou da nossa receita de estrogonofe de carne? Então vem dar uma olhada no nosso blog, cheio de dicas e receitas de dar água na boca!