Guia definitivo de cortes de carne – Como escolher a carne certa

Os melhores cortes de carne, sem dúvida, são aqueles que você mais gosta. Afinal, gosto não se discute. Porém, outro ponto é discutível: a forma de preparar a carne para deixá-la com o melhor sabor. Se você escolher e preparar a carne do jeito adequado, o resultado será excepcional!

Existem cortes de carne dos mais diversos tipos, mas às vezes o que falta é saber como prepará-los para chegar em seus ápices de sabor e textura. Saiba que para cada carne, há um melhor preparo, seja na panela, na grelha ou na churrasqueira.

Que tal explorar os cortes que você ama em outros pratos? Leia este guia definitivo de cortes de carne e descubra como aproveitar o melhor de cada peça bovina!

 

 Veja os cortes de carne para assar

O detalhe peculiar dos cortes de carne para assar é que elas são fartas em gordura, o que garante muita suculência. Mesmo depois de horas de cozimento, as peças conseguem manter um sabor inconfundível.

Cupim

Carne de sabor acentuado, que demanda um preparo lento. Depois de pronta, basta fatiar bem fina e se deliciar. Se quiser espremer um limão ou adicionar uma pitada de pimenta-do-reino por cima na hora de comer, fica perfeito.

Contrafilé

Corte de carne com capa de gordura generosa, que confere um sabor agradável no preparo assado. Cozinhe até a carne ficar malpassada para conservar sua maciez.

Picanha

picanha-cortes-de-carne-como-escolher-a-carne

Considerada a rainha das carnes, a picanha é um dos cortes de carne mais apreciados quando o assunto é churrasco. Essa peça vem com uma farta capa de gordura, que recobre a peça e a lubrifica no preparo assado.

Fraldinha

É uma peça com nervos e gordura entremeada nas fibras, que deve ser fatiada em tiras depois de assada, para conservar sua textura bem macia.

Costela

Um dos cortes de carne mais saborosos e suculentos que existem, graças à farta gordura que o recobre e está em cada parte da costela. Essa peça ainda ganha um sabor muito acentuado por causa do tutano do osso.

Conheça as carnes para grelhar em bifes

Os cortes de carne para grelhar em bifes se destacam pela menor quantidade de gordura e também por oferecerem a possibilidade de adicionar vários tipos de temperos.

Alcatra

alcatra-chapa-cortes-de-carne-como-escolher-a-carne

A alcatra é uma “parente próxima” da picanha por ficar localizada junto à peça no boi. Esse corte proporciona suculência e maciez inigualáveis, sendo perfeito para aqueles aperitivos em casa, com os amigos e a família. Outro preparo interessante é cortado em bifes com uma pitada de sal.

Filé mignon

Esse é um corte com textura tenra e baixa quantidade de gordura, o que deixa a carne com um sabor único. Pode ser feito em medalhões, para conservar o interior malpassado, ou feito em bifes. É a garantia de um prato mais sofisticado.

Contrafilé

O contrafilé em bifes recebe bem tanto os temperos suaves quanto os acentuados. Se você ama um bife malpassado, pode temperá-lo como preferir – com alho, azeite, sal, mostarda etc. Para acertar no ponto, é só controlar o fogo e não deixar muito tempo na grelha ou frigideira.

Coxão mole

Ideal para o almoço e jantar durante a semana, o coxão mole é macio e tem sabor suave, o que permite acrescentar diversos temperos à carne. É ótimo para aquela refeição simples com a família: arroz, feijão, batata frita e carne – mais tradicional que isso, só acrescentando farofa temperada.

Descubra os cortes para fazer na panela

A carne de panela é perfeita para o preparo com molho muito suculento. Para fazer carnes assim, separe os melhores temperos e, claro, uma boa panela.

Músculo traseiro

O músculo tem carne tenra, ou seja, não muito macia. Isso exige preparos regados com molhos ou caldos, para amaciá-la e deixar mais suculenta. Você pode caprichar no tempero também, porque esse corte retém bastante o sabor dos ingredientes.

Acém

Para atingir o melhor sabor do acém, capriche no tempero. Esse é um dos cortes de carne com uma característica peculiar: é rico em colágeno, o que dificulta que o sabor seja retido no corte. Por isso, os condimentos são muito necessários para as receitas com acém.

Lagarto

O lagarto é carregado em fibras e, por isso, precisa ser preparado na panela ou assado. Assim, pode-se garantir muito caldo na receita para não ressecar a peça. Outra sugestão é rechear a carne com linguiça ou legumes.

Costela

costela-bovina-cortes-de-carne-como-escolher-a-carne

 

Outro preparo que é perfeito para a costela é o feito na panela, que mantém aquele caldinho delicioso para regar o arroz. Para garantir ainda mais sabor ao prato, acrescente batatas ou mandioca.

Paleta

A paleta abrange também o peixinho, um corte tenro e com bastante gordura interna, que preserva sua suculência e sabor. Na panela, essa gordura contribui bastante para engrossar o caldo que preenche o preparo.

Maçã de peito

Apesar de ser considerada uma carne de segunda, a maçã do peito fica deliciosa após um longo preparo na panela de pressão. Para atingir um sabor perfeito com esse corte, invista em condimentos.

Saiba como escolher a carne para moer

Os cortes de carne para moer são menos gordurosos, mas nem por isso menos saborosos. O que vale é conhecer e saber como escolher cada um deles, para chegar ao melhor modo de preparo.

Coxão duro

Apesar do nome fazer parecer que esse corte pode ser difícil de comer, ele é perfeito para moer e fazer o clássico hambúrguer artesanal. Essa peça não é farta em gordura entremeada, ou seja, aquela que fica espalhada entre as fibras. Porém, possui uma fina camada de gordura externa.

Acém

A escolha de um acém menos gorduroso é essencial para atingir o melhor preparo com essa peça moída. Isso evita que o colágeno, típico desse corte, se aglutine na moagem.

Patinho

É uma peça extraída da traseira do boi, mas com pouca gordura. Perfeito para o preparo de hambúrguer, almôndegas, quibes, entre outros pratos que exigem bons cortes de carne moída.

Descobrir como escolher a carne é muito mais simples quando você tem um guia como este cheio de dicas. Afinal, para fazer um bom prato, não basta confiar apenas na qualidade da carne; é preciso conhecer os preparos certos.

Assim, cada um dos cortes de carne vai oferecer o melhor sabor e textura. Agora, é só usar o que você aprendeu aqui neste artigo, que os seus pratos vão ficar ótimos!

Aprenda ainda mais sobre peças bovina: baixe o e-book gratuito “Guia Definitivo de Cortes de Carne do Nilo“!