APRENDA A FAZER A FAMOSA MOQUECA CAPIXABA

Certamente você já viu, sentiu o cheiro, não aguentou e experimentou. Estamos falando da moqueca capixaba e do poder que ela tem de atrair qualquer brasileiro ou turista. As cores, a panela e o aroma inconfundível desse prato são também um convite à sua história.
Saiba que além da tradicional receita de moqueca capixaba, há variações do mesmo prato. Porém, algumas diferenças sutis, e outras nem tanto, fazem o preparo típico da cozinha do Espírito Santo ser muito aclamado.
Quer saber mais sobre a origem desse prato e aprender a fazer a sempre original receita de moqueca capixaba? Vem com a gente!

receita-de-moqueca-capixaba

Descubra a origem da moqueca capixaba e as diferentes moquecas

A origem da moqueca remonta aos africanos e portugueses que vieram ao Brasil na época da colonização.
Da África, veio o nome de base para esse prato icônico da cozinha brasileira: no idioma quimbundo, “mukeka” é um preparo específico, feito por índios. Em grelhas feitas de varas de bambu, era feito um prato assado ou, como chamavam, moqueado.
Na Bahia, com a tradição africana, o prato recebeu os costumes do povo imigrante, que preparava o peixe na panela de barro, com azeite de dendê e leite de coco. Além dos dois ingredientes típicos de receitas baianas, acrescentavam também a pimenta, que carregava mais o sabor.
No Espírito Santo, esse prato ganha um toque mais natural pelas mãos dos portugueses. A iguaria era feita com urucum, peixe, tomate, coentro, azeite e cebola.

A tradição da moqueca no Brasil

Com o passar do tempo, o prato manteve suas raízes nessas duas versões. Na moqueca capixaba, a marca é o sabor natural e leve, em que cada ingrediente expressa o seu sabor de forma equilibrada. Na versão baiana, o toque encorpado dá a personalidade do preparado.
Vale colocar que há outras versões da moqueca capixaba em outros estados brasileiros, porém, a principal continua sendo a do Espírito Santo.

Os peixes e a panela da moqueca

os-peixes-e-a-panela-para-a-receita-de-moqueca-capixaba
Os peixes que são mais usados nessa receita — e que ficam excelentes — são o robalo, badejo ou o dourado. Com carne tenra e muito saborosa, eles elevam a moqueca a outro nível. Porém, outras espécies também valem na receita, não ficando restrita às três opções.
Outro ponto essencial da receita de moqueca capixaba é a panela em que é feita. Afinal de contas, além de bons ingredientes frescos, uma receita clássica de moqueca precisa mesmo ser feita em uma boa panela.

A escolha pelo barro, ferro ou cerâmica é perfeita, já que preserva todo o calor e sabor do alimento, por muito mais tempo do que uma panela comum.

Aprenda a receita de moqueca capixaba

receita-da-tradicional-moqueca-capixaba

Aqui, você vai aprender a verdadeira receita de moqueca capixaba para ninguém colocar defeito.
Prepare sua melhor panela de cerâmica ou saia em busca de uma grande e legítima panela de barro ou ferro.

Ingredientes

  • 1 kg de peixe — badejo robalo ou dourado;
  • 1 maço de cebolinha verde;
  • 1 maço de coentro;
  • 4 dentes de alho;
  • azeite de oliva;
  • óleo de soja;
  • sal a gosto;
  • 5 tomates;
  • 1 cebola;
  • 2 limões;
  • urucum.

Modo de preparo

Na compra do peixe, peça ao atendente para escamá-lo e cortá-lo em postas grossas — diga que é para um preparo de moqueca.
Em casa, tempere as postas com os limões e sal, e reserve. Agora, em uma tigela funda, amasse o alho junto com algumas rodelas de cebola, a cebolinha verde e o coentro picados. Acrescente um pouco de sal, óleo, azeite e mexa mais um pouco.
Na panela, coloque a mistura e acrescente as postas do peixe. Depois, adicione mais um pouco de suco de limão e azeite por cima. Reserve.
Agora, pegue uma tigela e derreta o urucum, em uma colher de óleo quente. Então, jogue essa mistura na panela com o peixe e acenda o fogo. Deixe a tampa semiaberta e verifique se um caldo se forma.
É importante não mexer o peixe, para manter as postas inteiras. Deixe a panela sob o fogo médio, por até 30 minutos, para apurar o sabor da moqueca capixaba.
Passado esse tempo, você já deve sentir o cheirinho do prato no ar e a sua receita de moqueca capixaba está pronta para ser saboreada!
Para acompanhar essa receita de moqueca, nada melhor do que um pirão feito com o caldo do peixe: a combinação fica perfeita e irresistível.
Outra opção é o arroz branco, que cai muito bem também. Acrescente uma farofa bem fina ao prato, para engrossar o caldo e se deliciar.
Não se esqueça de ter uma boa pimenta malagueta à parte, para apurar o sabor e deixar a sua moqueca capixaba picante na medida certa. Sua família vai adorar!

Conheça outras receitas de peixe, tão saborosas e únicas quanto a moqueca!